Leia também: transtornobipolar-relatoscontnuos.blogspot.com

Teresa Azevedo

Mulher menina prosa e verso

Para entrar o Portal do Poeta Brasileiro, envie dois textos poéticos, uma foto e mini-biografia para contatos@poetasbrasileiros.com.br
Meu Diário
21/01/2010 18h03
Um pouco mais da praia para mim...
Dia 19/01/2010 eu já estava aqui em Ubatuba com meu filho caçula e meus amigos Regina e Robinson. Fomos a praia pela manhã. A água do mar me fez tão bem, consegui relaxar e melhorar minhas dores. Dores ainda em conseqüência do atropelamento e do tombo que levei na sorveteria a pouco mais de uma semana. Pois é, sou mesmo uma pessoa bem desastrada, rsrs...  Por falar em ser assim tão desastrada, após a praia passamos no mercado para comprar algo para o almoço. Ao sair eu consegui mais um machucado, bati o mesmo joelho ainda aberto do último tombo. Se não fosse comigo eu nem acreditaria como uma pessoa pode ser assim... Tomei minha última carbamazepina hoje continuarei tomando apenas o citalopram. Mas estou me sentindo ótima mesmo. Tenho algumas preocupações em mente, sobre coisas que precisarei resolver assim que voltar a Campinas e antes do meu retorno ao trabalho, mas no momento eu quero mesmo é curtir a vida, ou melhor, a praia.
Hoje 21/01/2010 - Acordei as 5:00 horas e não consegui mais dormir. Acabei me levantando as 5:31. Peguei papel e caneta e sentei-me no banco de madeira em frente ao apartamento. Ali fiquei observando a chuva que já estava fraquinha. Tinha chovido a noite toda. Agora os últimos pingos de chuva caiam sobre a cidade e em breve seriam substituídos pelo sol, em um céu ainda nublado. Os carros e motos já começavam trafegar na rodovia logo a frente. Os trabalhadores de bicicleta já iam a caminho do trabalho. Tudo estava calmo e convidativo a inspiração. Fico impressionada como me conecto com a natureza em um lugar como este. Aqui  longe das preocupações e atropelos sou o melhor de minha, minha porção maior. Estar com meus amigos e meu filho então é ainda mais maravilhoso, sinto-me amada e protegida. Saber que estou em férias e que um emprego, uma casa, uma família me aguarda é muito reconfortante e motivo de honras e glórias a Deus a todo instante. Minha gratidão a Ele é tremenda. Tenho vivido dias de paz incomensurável, de alegria infinda. Vivendo coisas tão inusitadas e belas, como o fato de estarmos aqui juntos. De compartilharmos a lan-house, os passeios são demais. Se há um ano alguém me dissesse que eu viveria estas experiências eu não creria mesmo. A verdadeira amizade é uma jóia de tamanho valor e proporção. Agradeço a Deus por ter me dado tanto.

Ainda me avaliando no final da mesma tarde - O meu estado de espírito nnão poderia ser melhor. Continuo sem carbamazepina. Estou me sentindo muito bem. Transquila e em paz. Também vivendo longe e livre de pressões e preocupações não poderia ser diferente. Ontem eu percebi que me queriam enquadrar em moldes que não sejam os meus.
Minha nova vida é uma vida de independência e podido traçar planos sem ter que viver sob controle de outro, exceto o controle de Deus naturalmente. Isto é muito bom e agradável, de modo que não quero mais ter alguém me dizendo o que devo fazer ou deixar de fazer.
Sonho em ter um novo amor mais que respeite minha individualidade e eu a dele, alguém capaz de me amar e ser amado sem querer me modificar ou me aprisionar.
A sensação de ser livre, de ter meu próprio espaço é algo muito agradável.
Só peço que Deus continue me abençoando e dirigindo minha vida.

Publicado por Teresa Azevedo em 21/01/2010 às 18h03
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Procure-me no facebook - Teresa Azevedo