Leia também: transtornobipolar-relatoscontnuos.blogspot.com

Teresa Azevedo

Mulher menina prosa e verso

Para entrar o Portal do Poeta Brasileiro, envie dois textos poéticos, uma foto e mini-biografia para contatos@poetasbrasileiros.com.br
Meu Diário
17/02/2010 10h12
Na mão de Deus
Ontem fui a Igreja do Nazareno Central, no Culto da Vitória com um casal de amigos. Foi um convite maravilhoso que me fez tão bem. Falar com Deus sempre é maravilhoso e ontem foi um destes dias. Pude me sentir no colo do Pai sendo edificada, consolada, dirigida, enfim...
Na volta para casa passamos no Frans para um café e como foi agradável estar em companhia dos dois, tão lindos tão apaixonados, tão queridos, foi delicioso..
Folhando meus escritos eu me deparei com um relato de 16/10/97, quando eu ainda trabalhava na Área de Importação.  Eu  começava perceber minhas limitações e relutava para aceitá-las. Eu não conseguia separar as coisas e misturava minhas questões emocionais com as profissionais. Não tinha um acompanhamento psiquiátrico adequado e estava bem longe de descobrir meu verdadeiro problema, o Transtorno Bipolar. Vivia tempos muito difíceis Então naquele dia escrevi: Quando iniciei minha terapia, com a graça de Deus, pude começar colocar para fora minha insegurança e me tornei mais tranqüila em casa e de modo geral.
Senti-me lenta para diversos serviços, mesmo com a minha mudança para a área de apoio eu tenho realizado as tarefas bem devagar. De qualquer modo sinto-me mais a vontade exercendo esta função. Às vezes sinto uma imensa tristeza e tenho muitos repentes de profunda insegurança, sinto-me sem chão, mas vou ao banheiro orar pedindo a Deus que me capacite e retire de mim tudo isto.
Hoje 16/10/97 meu gerente disse que me vê como uma pessoa extremamente gentil, dedicada e esforçada, porém só deixo sobressair meu lado emocional, esquecendo-me do lado racional o que é necessário e imprescindível em determinadas situações. Ele recomendou-me a fortalecer o racional em mim, sem com isto sufocar o emocional o que ele considera apreciável e bom. Disse que se eu ponderasse as situações vividas por mim ou por outros eu obteria um equilíbrio que me permitiria uma série de ações confiáveis, tornando o que hoje são ações sinceras e bem intencionadas são confusas e imprecisas. Eu preciso, segundo ele, desenvolver minha capacidade de análise antes da execução de qualquer serviço ou  atitude na vida  para obter sucesso em tudo que eu fizer.
Eu tenho que concordar com ele em cada palavra e sem dúvida me esforço para ser assim, mas tenho grande dificuldade de ver a situações como alguém que esteja fora delas, sempre me envolvo e acabo me focando em detalhes, esquecendo-me do todo.
Logo depois disto eu acabei entrando em profunda depressão e fiquei afastada por um mês eu acho. Quando voltei já fui para a Área de Serviços Complementares onde consegui melhorar muito graças a tranqüilidade de exercer a função de secretária e, mesmo sem ainda tratar do transtorno encontrei em minha nova área uma nova perspectiva o que fez minha auto-estima melhorar muito.

Hoje percebo o quanto cada situação vivida por difícil que tenha sido auxiliou para me tornar uma pessoa melhor.
É difícil para as pessoas compreenderem que alguém que freqüente a Igreja tenha tantas dificuldades emocionais, mas eu creio que o trabalhar de Deus é manifesto de forma totalmente distinta na vida de cada um de nós. Além disto, continuamos sendo apenas seres humanos sujeitos as mesmas paixões. Lutar contra nossas mazelas é tarefa de todos. Sabendo que Ele é conosco tudo se torna menos pesado, mas todos temos um fardo.
Sou grata a Deus, extremamente grata a Ele por tudo que tem me dado, ensinado e me feito compreender.
ela, sempre me envolvo e acabo me focando em detalhes, esquecendo-me do todo.
Logo depois disto eu acabei entrando em profunda depressão e fiquei afastada por um mês eu acho. Quando voltei já fui para a Área de Serviçois Complementares onde consegui melhorar muito graças a tranquilidade de exercer a função de secretária e, mesmo sem ainda tratar do transtorno encontrei em minha nova área uma nova perspertiva o que fez minha auto-estima melhorar muito.
Hoje percebo o quanto cada situação vivida por difícil que tenha sido auxilio para me tornar uma pessoa melhor.
                                                                                          

Publicado por Teresa Azevedo em 17/02/2010 às 10h12
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Procure-me no facebook - Teresa Azevedo