Leia também: transtornobipolar-relatoscontnuos.blogspot.com

Teresa Azevedo

Mulher menina prosa e verso

Para entrar o Portal do Poeta Brasileiro, envie dois textos poéticos, uma foto e mini-biografia para contatos@poetasbrasileiros.com.br
Textos

Luva de pelica
Era uma tarde de verão quando Otávio encontrou-se com Simone no Shopping, ela esbarrou-se quase que por acaso nele. Ele indo para um encontro ficou todo sem jeito e ela que fora apenas retirar ingressos para assistirem a uma peça no dia seguinte pasmou-se ao vê-lo.
-Otávio! Você aqui?
- Pois é meu amor, eu tinha esquecido de lhe dizer, mas meu chefe pediu que viesse buscar os filhos aqui no Shopping.
De pronto ela percebeu a falcatrua, mas fez-se de morta.
- Oh meu querido, sempre sendo explorado por seu chefe... E aonde vai depois de deixá-los.
Ele gaguejou, pensou por um minuto e depois disse:
- Terei que voltar ao trabalho meu amor, como lhe disse tenho um relatório por terminar.
- Ok querido, vá logo então para não dormir muito tarde, nos veremos amanhã.
Ela fingiu entrar em uma loja e depois saiu sem que ele percebesse e ficou de espreita a observá-lo.
Cafajeste! Pensou ela em alto e bom som engoliu seco e voltou para casa.
Pensou, pensou e então ligou para Barney, o chefe de Otávio, que era divorciado e por algumas vezes trocara olhares para ela. Olhares estes que até então foram absolutamente ignorados. Contou-lhe toda a história e o seduziu de tal modo que o convenceu a pregar uma peça no empregado.
No dia seguinte quando Otávio fora apanhá-la na saída do serviço vê Barney e ela conversando animadamente e enciumado começa a questioná-los sobre o que significava aquilo, ao que Simone ironicamente responde:
- Boa noite meu amor, que coincidência, você por aqui hoje? Pensei que só nos encontraríamos em casa mais tarde.
- Pode me explicar o que significa isto? Pergunta Otávio
- Você nem imagina prezado Otávio - Responde Barney, dando um sinal para que Otávio disfarce.
- Simone chamou-me para me dar uma bronca por eu sugá-lo tanto e eu expliquei a ela é conto com sua ajuda pois você é o único amigo com quem posso contar...
Otávio envergonhado muda o tom de voz e não toca mais no assunto...

Moral da história: não faça aos outros o que não quer que lhe façam, um tapa com luva de pelica pode doer mais que um bofetão.
Teresa Azevedo
Enviado por Teresa Azevedo em 08/08/2009
Alterado em 13/02/2018
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Procure-me no facebook - Teresa Azevedo